sábado, 20 de setembro de 2014

Resenha: Voos Sinos e Misteriosos Destinos by Emma Trevayne


Sinopse - Voos e Sinos e Misteriosos Destinos - Emma Trevayne

Nesta fábula moderna, com gosto das aventuras clássicas que encantam os jovens leitores há tantos anos, conhecemos a história de Jack Foster, um garoto de dez anos que, como qualquer um da sua idade, sonhava viver grandes aventuras. Ele morava em Londres mas estudava em um colégio interno, voltando para casa apenas nas férias, quando ficava completamente entediado. Mas, um certo dia, Jack atravessa uma porta mágica e, do outro lado, encontra uma cidade ao mesmo tempo muito parecida e muito diferente daquela que conhecia. Em Londinium, apesar de reconhecer as ruas e prédios, ele encontra um cenário steampunk, com engrenagens e fuligem por todos os lados. Por ali era raro encontrar alguém que não tivesse nenhuma parte do corpo feita de metal. E era justamente isso que a Senhora - uma mulher rígida e temperamental que governava a cidade desde sempre - buscava: um filho de carne e osso. Jack logo descobre que aquele lugar era extremamente perigoso, e que voltar para casa não seria tão fácil quanto tinha sido chegar até ali...

Informações: Autora: Emma Trevayne
             Páginas: 306
             Ano: 2014
             Tradução: Álvaro Hattnher
             Editora: Seguinte
  Bom, começando com EU COMPREI ESSE LIVRO SÓ PELA CAPA. Sim eu sei, o que importa é o conteúdo, mas não no caso desse livro com a capa mais perfeita da face da Terra. Eu achei completamente o azul um pouco enferrujado do fundo. Ela é linda, podem assumir! Claro que também comprei por ser um steampunk misturado com fantasia, e adoro esses dois gêneros então achei que a mistura ficaria fantástica!
 Tudo começa quando o misterioso Sr. Havelock encontra Jack pela primeira vez, ele é um tipo de espiritualista que quer levar Jack para aprender seus truques, como toda criança, Jack fica curioso e no dia que estava saindo para fazer comprar com a governanta da casa, Jack vê Havelock entrando por uma "porta" que o levaria á uma Londres alternativa, ou melhor Londinium.
 Londinium, o espelho de Londres,  cheia de engrenagens, fuligem e poluição, todos os habitantes carregam  algum tipo de mecanismo, lá ele encontra Beth, uma robô de corda e o dr. Cataplasma, um médico que conserta os órgãos mecânicos dos habitantes de lá. Também descobre a misteriosa Senhora de Londinium, uma mulher obcecada por filhos perfeitos, sem nenhuma engrenagem , e ela quer Jack para ser seu novo filho, entretanto, Jack quer voltar para casa, mas descobre que não vai ser tão fácil assim.

  Nesse livro, a autora aborda os dois gêneros de uma maneira um tanto quanto "diferente", os que gostam do steampunk estão acostumados com máquinas e engrenagens, que no livro a autora misturou com fadas e seres que só encontramos na imaginação de uma criança.
 
 Particularmente, achei o livro um pouco infantil de mais - o que eu saberia se tivesse lido a sinopse antes de comprá-lo - faltou alguma coisa que me fizesse ficar presa á ele do começo ao fim, não que a história tenha sido ruim, na verdade foi muito boa, mas faltou alguma coisa que me fizesse querer "cavalgar com ele em unicórnios ao por do sol com uma etiqueta escrito Just Married no rabo do unicórnio"

 O livro traz alguns mapas no início e ilustrações no meio da história. A diagramação é muito bonita, tem uma ótima tradução e revisão, é muito difícil achar falhas no livro, o que mostra o cuidado da editora com o seu produto. Acho posso dizer que o título ficou muito fofo e conseguiu manter a rima do título original: Flights and Chimes and Mysterious Times.