sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Desafio Litera de Férias: Amor Assassino by Bruna P. Caetano


 Hoje é a última resenha do desafio, então vou falar de Amor Assassino. Para quem está pensando que é uma daquelas histórias de amor melosas tipo Nicholas Sparks, ele não é nem um pouco assim. O livro pode ser achado no IBooks, que foi por onde eu li, e também tem algumas versões em pdf para baixar, poque ele não é vendido em livrarias e coisa assim, ou seja, ele seria um livro online apenas.





 Sinopse: Eu nunca imaginei que provaria de alguém tão cruel e ao mesmo tempo tão... doce.
Nunca imaginei que viveria uma paixão tão intensa e ao mesmo tempo tão... errada.
Mas aqui estou eu, provando mais uma vez dos lábios mais lindos e deliciosos do planeta, que pertencem à pessoa mais incrível do universo.
Aqui estou eu, provando de um assassino bem pago e totalmente maravilhoso, pelo qual eu sou completamente apaixonada e que tem que me matar.


 O livro conta a história de Melissa Martinz, que em um dia qualquer, quando chega em sua casa logo após uma festa, se depara com uma cena que nunca imaginara e que nunca irá esquecer: seu pai, sua mãe e seu irmão mortos dentro de sua casa. Como sua amiga tinha a levado em casa, quando ouviu os gritos de Mel ela e seu pai correram para dentro e logo quando viram a cena chamaram a polícia. 
 Como ela era menor de idade, ela foi morar com sua tia em uma pequena cidade mineira chamada Luária. Ela chorava todas as noites e só de ouvir o que aconteceu, seu mundo desabava completamente. Ela estava destruída por dentro.
 Lá, ela faz amigos novos e também acabou conhecendo Caio. O que falar sobre ele? Bom, ele era um ótimo amigo para ela, e estava sempre a ajudando quando fosse necessário. Mas ele também era alguém irresistível, tanto é que os dois acabam se apaixonando. Porém, no começo, ela não acredita nele e eles acabam se desentendendo, mas isso dura pouco porque logo depois eles começam a namorar.
 Algo estranho vivia acontecendo com ela de um tempo pra cá. O mais estranho era que Caio estava envolvido. Ela tinha pesadelos com ele todas as noites. Ela sonhava que ele a matava, e por causa disso, acabava não dormindo direito. Mas outras coisas suspeitas também ocorrem, como por exemplo quando ela viu duas pessoas a seguindo. Ela sabia que havia alo errado naquela história, mas ainda não descobrira o que.
 Quando Caio resolve contar um segredo para ela, que também envolvia sua família e a dele, as coisas mudam. Melissa não sabe o que pensar sobre ele, tudo estava confuso e parecia ser mentira. Pelo menos, ela desejava que fosse. Caio não poderia matar pessoas. Ou poderia?

 ***
 Vou parar de escrever por aqui mesmo para não dar algum spoiler (como sempre haha), e espero que gostem, porque eu realmente gostei, mesmo achando que talvez o livro poderia ser mais detalhado, eu realmente amei a história. A autora, para quem não sabe, ela tinha 14 anos quando escreveu o livro, o que me deixou impressionada. Aqui em baixo vou colocar uma parte do livro que eu sinceramente amo:

 "O que se sabe sobre o certo e o errado? Se a
pessoa escolheu, então para ela é o certo, correto? O que
é errado para uns pode ser certo para outros. Então,
analisando bem, o errado não existe quando se fala de si
próprio, pois, se escolhemos, foi porque para nós aquilo é
certo, correto?
Errado. Porque muitas vezes, escolhemos o caminho
mesmo sabendo que ele é errado. Às vezes o errado
parece tão certo que se torna certo por si só. Mas, muitas
vezes, o errado é sempre errado, e mesmo assim nosso
coração nos guia até ele, o que torna a escolha certa. No
fim, o errado e o certo não existem, tudo depende do
ponto de vista de cada um. Confuso, não?" -Bruna P. Caetano


XOXO-Gabriela