domingo, 12 de outubro de 2014

Resenha: Julieta by Anne Fortier

Sinopse - Julieta - Anne Fortier

Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro. Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena. Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando. O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias. E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo. Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor. (skoob)



 O livro me surpreendeu completamente, porque pensei que fosse mais uma daquelas histórias clichês, mas me enganei. Julieta fala sobre a verdadeira história de "Romeu e Julieta", mas de um jeito mais emocionante, diferente e "atual". A história fica mais emocionante a cada página, e você viaja no tempo de 1340 para o tempo atual de capítulo em capítulo. A história, no começo, pode parecer meio confusa, mas conforme você vai lendo, os fatos e as linhagens de cada personagem ficam mais simples.
 Muitas pessoas já haviam me falado sobre o livro, mas nunca cheguei a me interessar tanto e começar a ler, mas me arrependo porque o livro é uma mistura tão perfeita de amor, tragédia e suspense que você deseja que a história nunca acabe. Podem até pensar que estou exagerando, mas quem leu sabe do que estou falando haha.
 Mas voltando a falar da trama, o livro conta sobre Julie Jacobs, ou melhor, Giulietta Tolomei, que logo após a morte de sua tia avó, parte para Siena em busca de um tesouro que é pouco provável que ainda exista. Seus pais sempre foram obcecados em tentar quebrar a antiga maldição da família, e o sonho de sua mãe era livrar Julie e sua irmã gêmea, Janice, dessa terrível maldição. Junto dela, o capitão Santini, Alessandro, com quem vive uma relação de amor e ódio, também a ajuda a desvendar o mistério deixado por sua mãe. 
 O livro se resume basicamente nisso, então se eu der mais alguma informação, pode ser um spoiler, por isso vou parar por aqui mesmo.



XOXO-Gabriela