domingo, 21 de dezembro de 2014

Crônicas da Ju

Foi tudo em vão

Um dia, você irá perceber que tudo o que fez foi em vão. De nada adiantou passar infinitas horas terminando aquele trabalho que nunca parecia findar, enquanto sua família o aguardava para ficarem alguns minutos reunidos durante o jantar. Foram tantas as vezes em que seu filho lutou contra o sono na esperança de que você chegasse para contar-lhe uma história antes de dormir. Pois é, inúmeras foram as noites em que ele adormeceu em meio às lágrimas.
Aquela garotinha, que corria e abraçava suas pernas assim que você abria a porta, já tem namorado. Qual é seu nome mesmo?
A mulher que vive contigo - a mesma a quem você jurou amor eterno - agora implora por um pouco de sua atenção. Faz muito tempo desde que a elogiou pela última vez, não é?
Sei que você deve estar se perguntando como tudo isso aconteceu. Não tenho a resposta, mas sei onde ela reside. Olhe para si próprio e a encontrará. E, se quiser mudar, ainda dá tempo.