sábado, 24 de janeiro de 2015

Resenha: Simplesmente Acontece by Cecília Ahern

 Oii! Estou de volta com as resenhas, ultimamente não tenho postado muito, mas bem, the ferias is OVER! Ou seja, mais tempo sendo uma aluna melhor e mais dedicada aos estudos e blábláblá. 

 Há algum tempo comentei aqui sobre o lançamento do filme Love, Rosie, e na minha viajem para o Rio de Janeiro eu finalmente comprei/ e li o livro. Também queria ressaltar que pelo menos aqui, na região onde moro, a estréia do filme foi adiada para o dia 05/03.



Sinopse: Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. 

Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails, mensagens de texto, cartas, cartões-postais... Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.


 O livro narra o encantador romancede dois melhores amigos que se apaixonam, mas pelo que percebi ao ler o livro, parece que o destino não quer ver os dois juntos. Tipo novela mexicana :p.

 Rosie e Alex são inseparáveis desde pequenos, como feijão com arroz. Posso dizer que o livro em si, é um grande clichê, o que o diferencia dos outros, é a forma como é narrado, do início ao fim por cartas, e-mails, bilhetes e mensagens.



 Por mais simples que seja a história, não deixa de ser encantadora, e apesar de ser ficção, torci loucamente e intensamente, do início ao fim. 


 Acompanhando Alex e Rosie dos sete, aos cinquenta e poucos anos, não há feiticeiras malignas e nem maldições impossíveis de ser quebradas, as coisas acontecem naturalmente, e isso acaba impedindo os dois de ficarem juntos, durante anos. Na minha opinião, é mais real e crível do que muitas biografias.

 
  
 Os personagens são muito, muito, muito bem desenvolvidos, são cativantes e mudam conforme o tempo passa, um aspecto que vários escritores acabam deixando de lado. 

 Rosie é a certinha, tem tudo para ir longe na vida, mas um SPOILER coloca tudo em jogo, basicamente, sua carreira vai pelos ares. Já Alex, totalmente o aposto de Rosie, é um daqueles que "não tem concerto", mas então decide o que realmente quer de sua vida, e é disso que corre atrás.




 Sobre a capa, particularmente DETESTO capas de filmes, mas levando em consideração que a capa original é horrível, e que o Sam Cafflin está na capa, ficou um pouco mais bonitinha. O livro ficou com cara de uma história de avó, contando sobre sua vida, por deixar algumas coisas em falta, justamente por ser contado através de cartas, etc, etc.


XOXO - Carol